sábado, 27 de outubro de 2012

Acidente de Trabalho

Agravos de Notificação: coletar, transmitir dados gerados pelo sistema vigilância epidemiológica apoiando processos pela investigação e analise das informações de doenças de notificação compulsória sendo operado a partir das unidades de saúde. 
PORTARIA Nº 777/GM Em 28 de abril de 2004 :Dispõe sobre os procedimentos técnicos para a notificação compulsória de agravos à saúde do trabalhador em rede de serviços sentinela específica, no Sistema Único de Saúde – SUS.
Agravos de Notificação Compulsória:
I - Acidente de Trabalho Fatal;
II - Acidentes de Trabalho com Mutilações;
III - Acidente com Exposição a Material Biológico;
IV - Acidentes do Trabalho em Crianças e Adolescentes;
V - Dermatoses Ocupacionais;
VI - Intoxicações Exógenas (por substâncias químicas, incluindo agrotóxicos, gases tóxicos e metais pesados);
VII - Lesões por Esforços Repetitivos (LER), Distúrbios Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT);
VIII - Pneumoconioses;
IX - Perda Auditiva Induzida por Ruído - PAIR;
X - Transtornos Mentais Relacionados ao Trabalho; e
 XI- CANCER RELACIONADO AO TRABALHO
Acidente de trabalho é o evento súbito ocorrido no exercício de atividade laboral, independementemente da situação empregatícia e previdenciária do trabalhador acidentado, e que acarreta dano à saúde, potencial ou imediato, provocando lesão corporal ou perturbação funcional. 
causa Básica da Morte (Causa Mortis): A causa básica da morte é (1) a doença ou afecção que iniciou a cadeia de acontecimentos patológicos que conduziram diretamente à morte; ou (2) as circunstâncias do acidente ou violência que produziu a lesão fatal. 
Causa Imediata da Morte: A causa imediata da morte é a doença, lesão ou complicação que ocorreu próximo ao momento da morte (afecção mais recente), geralmente desencadeada pela Causa Básica da Morte (afecção mais antiga). 
Causa Intermediária da Morte: A causa intermediária da morte é a doença, lesão, ou complicação que ocorreu em algum momento entre a causa básica e a causa imediata da morte.
+ AGRAVOS DE NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA: 

 1)Acidente de Trabalho Fatal;
2)Acidentes de Trabalho com Mutilações;
3)Acidente com Exposição a Material Biológico;
4)Acidentes do Trabalho em Crianças e adolescentes;
5)Dermatoses Ocupacionais;
6)Intoxicações Exógenas (por substâncias químicas, incluindo  agrotóxicos,gases tóxicos e metais pesados);
7)Lesões por Esforços Repetitivos (LER), Distúrbios     Osteomusculares Relacionadasao Trabalho (DORT);
8)Pneumoconioses;
9)Perda Auditiva Induzida por Ruído - PAIR;
10)Transtornos Mentais Relacionados ao Trabalho; 

11)Câncer Relacionado ao Trabalho.

sábado, 20 de outubro de 2012

A Obesidade e os Inibidores de Apetite

O mundo tem meio bilhão de pessoas obesas, duas vezes mais do que há trinta anos, concluiu pesquisa
publicada (3/2) no jornal científico Lancet. Realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e
pelo Imperial College London, na Inglaterra, com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Fundação Bill e Melinda Gates, a pesquisa trabalhou dados colhidos em 199 países e territórios entre 1980 e 2008, informou a Folha de S.Paulo (4/2).
Os Estados Unidos aparecem como líderes da tendência ao crescimento, e China e Brasil destacam-se pelo
elevado número de pessoas acima do peso. Há 31 anos, 4,8% dos homens e 7,9% das mulheres tinham índice de massa corporal (calculado a partir do peso e da altura) acima de 30, o que configura obesidade. Há três anos, 9,8% dos homens e 13,8% das mulheres tinham passado dessa marca.
Mais de um adulto, em cada dez, está obeso. “A obesidade envolve consumo alimentar, muito ligado à emoção e estilo de vida. 
Não há pílula mágica para tratar isso”, observou endocrinologista Bruno Geloneze, coordenador do laboratório de metabolismo e diabetes da Unicamp, em entrevista ao jornal. O médico atribui o quadro
não só aos hábitos alimentares, como aos processos de urbanização e automatização, que reduzem o gasto energético.
Em audiência pública (23/2/11) que durou cerca de quatro horas, médicos, farmacêuticos e um  representante do Ministério Público discutiram a resolução da Anvisa que proíbe a venda de sibutramina
e três outros inibidores de apetite (anfrepamona, femproporex e mazindol) no Brasil.
 A proibição, que já ocorre nos Estados Unidos e Europa, gerou polêmica e a decisão foi adiada pelo órgão, sem prazo definido, informou o jornal O Globo (24/2). 
Técnicos da Anvisa apresentaram a norma que trata da ineficácia dos três anorexígenos e da sibutramina, utilizados nos medicamentos para emagrecer. A agência decidiu proibir a comercialização de remédios elaborados a partir dessas substancias, porque estudos revelaram aumento de problemas cardiovasculares
entre os usuários. 
Estudo publicado no New England Journal of Medicine, que acompanhou dez mil pacientes em 16 países, revelou que houve aumento de 16% no risco de complicações cardiovasculares entre os usuários da sibutramina.
A substância foi banida entre americanos e europeus. 
O presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Ricardo Meirelles, manifestou-se
contra a proibição. Ele sustentou que o objetivo do tratamento de obesos não é fazer o paciente chegar ao peso ideal, mas reduzir os problemas causados pelo excesso de peso. E completou: “Se proibir, será criado um mercado negro.
 Quem emagreceu voltará a engordar, com os riscos inerentes”. Para ele, a comunidade científica precisa ser ouvida antes de a Anvisa tomar posição. Já o coordenador da Sociedade Brasileira de Vigilância de
Medicamentos, José Ruben Alcântara, colocou-se a favor da restrição. “Os riscos dos anfetamínicos superam os benefícios, que, aliás, são muito escassos. 
Para não dizer inexistentes. São pílulas causadoras de doenças”, afirmou ele, à frente da entidade que, desde 1991, luta para banir os medicamentos do mercado.
Para José Ruben, os médicos não registram os danos causados pelo seu uso, e, por isso, há uma subnotificação de ocorrências de problemas.

Fonte: Revista Radis

sábado, 13 de outubro de 2012

Psicoterapia e seus objetivos


Refere-se à  um processo dialético (realizado a base do diálogo) efetuado entre um psicólogo e o  paciente.
Objetiva a :
- restabelecer a qualidade de vida do paciente;
- entender os motivos da consulta (que variam desde pequenas dificuldades do dia-a-dia até mesmo psicopatologias, que são as doenças mentais);
-desenvolver os padrões de funcionamento mental do indivíduo e de seus sistemas psíquicos (saúde orgânica, saúde mental, familiar, social, sexual, intelectual, financeiro, profissional, lazer e espiritual).
Tipos de Psicoterapia: 
- Individual: Trata o indivíduo sozinho
- Grupo: Grupo de pessoas com um mesmo objetivo ou interesse
- Familiar: Trata a família
- Casal: Trata o casal, geralmente que mantém um relacionamento duradouro
Duração da Psicoterapia: 
- Psicoterapia Breve: 1 à 3 meses, algumas vezes dura um pouco mais, dependendo do caso
- Longas: Até 3 (três) anos ou mais
Como existe um compromisso de sigilo, tudo que o paciente quiser falar será ouvido com respeito. Nada será dito sem autorização do paciente. 
Uma psicoterapia pode ser indicada em situações em que o indivíduo está insatisfeito com a própria forma de vida, em que ele precisa tomar decisões difíceis e não sabe como, em situações em que a pessoa não vê sentido naquilo que faz, etc...
Também em casos de transtorno mental, nesse caso será associada a medicações prescritas pelo psiquiatra.

sábado, 6 de outubro de 2012

Os Dez Mandamentos da Qualidade Pessoal

1. Ao acordar, não permita que algo que saiu errado ontem seja o primeiro tema do dia. No máximo, comente seus planos no sentido de tornar seu trabalho cada vez mais produtivo. PENSAR POSITIVO É QUALIDADE;

2. Ao entrar no prédio de sua empresa, cumprimente cada um que lhe dirigir um olhar, mesmo não sendo colega de sua área. SER EDUCADO É QUALIDADE;

3. Seja metódico ao abrir seu armário, ligar seu terminal, disponibilizar os recursos ao redor. Comece relembrando as notícias de ontem. SER ORGANIZADO É QUALIDADE;

4. Não se deixe envolver pela primeira informação de erro recebida de quem talvez não saiba de todos os detalhes. Junte mais dados que lhe permitam obter um parecer correto sobre o assunto. SER PREVENIDO É QUALIDADE;

5. Quando for abordado por alguém, tente adiar sua própria tarefa, pois quem veio lhe procurar deve estar precisando bastante de sua ajuda e confia em você. Ele ficará feliz pelo auxílio que você possa lhe dar. SER ATENCIOSO É QUALIDADE;

6. Não deixe de alimentar-se na hora do almoço. Pode ser até um pequeno lanche, mas respeite suas necessidades humanas. Aquela tarefa urgente pode aguardar mais 30 minutos. Se você adoecer, dezenas de tarefas terão que aguardar a sua volta, menos aquelas que acabarão por sobrecarregar seu colega. RESPEITAR A SAÚDE É QUALIDADE;

7. Dentro do possível, tente se agendar (tarefas comerciais e sociais) para os próximos 10 dias. Não fique trocando datas a todo momento, principalmente a minutos do evento. Lembre-se de que você afetará o horário de vários colegas.
CUMPRIR O COMBINADO É QUALIDADE;

8. Ao comparecer a estes eventos, leve tudo o que for preciso para a ocasião, principalmente suas ideias. E divulgue-as sem receio. O máximo que poderá ocorrer é alguém poderoso ou o grupo não aceitá-la. Talvez mais tarde, em dois ou três meses, você tenha nova chance de mostrar que estava com a razão. Saiba esperar. TER PACIÊNCIA É QUALIDADE;

9. Não prometa o que está além do seu alcance só para impressionar quem lhe ouve. Se você ficar devendo um dia, vai arranhar o conceito que levou anos para construir. FALAR A VERDADE É QUALIDADE;

10. Na saída do trabalho, esqueça-o. Pense como vai ser bom chegar em casa e rever a família ou os amigos que lhe dão segurança para desenvolver suas tarefas com equilíbrio. AMAR A FAMÍLIA E OS AMIGOS É A MAIOR QUALIDADE.

Amigo sincero é aquele que mostra seus erros e ajuda a vencê-los. Não aquele que os esconde somente para satisfazê-lo, permitindo que você viva em um mundo de mentiras.