sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Crianças e adolescentes rebeldes - Culpa dos Pais?


Começo o meu post me desculpando por não ter atualizado na semana passada, realmente estou muito cansada com o meu trabalho, e passo por uma fase de introspecção para avaliar algumas coisas na minha vida, uma "faxina" interna.

Assisti algumas cenas da nova novela das oito da globo, não sou muito fã, mas o fiz esperando o marido chegar do trabalho, não pude deixar de observar o papel de ator, Duda Nagle, que interpreta um garoto rebelde e agressivo sem limites e, apoiado pelos pais.

Aqui no condomínio existem alguns do mesmo jeito, jogam bola em lugares não permitidos, dizem muitos "palavrões", próximo a idosas e mulheres, gritam debaixo das nossas janelas, já fechadas, pois estamos recolhidos para dormir.

E os pais, tem um que aprova tanto os atos do filho, que participa com ele , ocasionalmente das peladas, mesmo o filho o tratando grosseiramente, ouvindo deste palavras ríspidas, mas está lá, de cara feia para os demais vizinhos, "pois seu filho, (mesmo pré-adolescente) é uma criança, e ele paga o condomínio,( tem direito a tudo)", é, eles aprovam a conduta dos filhos.

E não tem quem imponha limites , nem a administradora, colocando folderes explicando que inflige uma das normas da Convenção de Condomínio, dá jeito.

Percebo, o quanto esse pai omisso sofrerá futuramente, será mais um a passar fins de semana na delegacia para buscar o filho, preso por delinquir, e vai justificar da mesma forma como aquele outro pai (aquele do jovem que incendiou a empregada), justificou:"Foi coisa de criança".

Até quando temos que passar por isso, as pessoas que denunciaram a brincadeira inadequada desses jovens, do meu condomínio, estão com medo, pois já foram ameaçadas indiretamente de terem suas janelas quebradas , no carnaval, é, eles descobriram quem denunciou, e quem se prejudicou mesmo, foram as famílias que só queriam as normas cumpridas, e vão ser obrigadas a passar o carnaval, "tomando conta" de suas janelas, não poderão viajar, nem sair, nem fazer nada , viraram escravos de seus lares, não há a quem recorrer, eles, as pseudo-crianças tem o poder.

Nem preciso relatar , que atendo casos de pais , apavorados com crianças tiranas, desse jeito, como já o fiz em posts anteriores, mas aqui, fica o desabafo.

Isso é podre, ou como diz o jornalista,ISSO É UMA VERGONHA.

4 comentários:

Eliana Gerânio Honório disse...

Silvinha

Obrigada por ir ao Espaço Mensaleiro pegar o selinho.

Está em 21/01/09.
É a postagem que tem um coraçãozinho vermelho.

Tem que clicar no link abaixo da ilustração.

Beijão!

Fomos apresentadas pelo Mateus Lobato.

Você mora no Rio?

Meu e-mail é fale@espacomensaleiro.com
as vezes funciona.

(Sou analfabeta digital)

Venho sempre aqui.

Eliana Gerânio Honório disse...

Silvinha

Obrigada por ir ao Espaço Mensaleiro pegar o selinho.

Está em 21/01/09.
É a postagem que tem um coraçãozinho vermelho.

Tem que clicar no link abaixo da ilustração.

Beijão!

Fomos apresentadas pelo Mateus Lobato.

Você mora no Rio?

Meu e-mail é fale@espacomensaleiro.com
as vezes funciona.

(Sou analfabeta digital)

Venho sempre aqui.

Silvinha disse...

é, já diz a Bíblia> "ensina a criança o caminho que deve andar e ela não se desviará dele".
parabéns pelo assunto, muito oportuno.
e brigadão pelo scrap e pela visita e comment no meu blog.
continuo em oração pelo teu emprego, tá?!
[ ]´s e fica com Deus!

EVELIZE SALGADO disse...

Isso é o HOMEM.
Infelizmente filhos crescem assistindo aos pais cometerem infrações a toda hora,no trânsito,nas conversas,em casa... Ninguém mais respeita nada, ninguém respeita a si próprio, ninguém respeita o amor. Seja pelo companheiro(a), pelo pai/filho, pelo Universo...
O HOMEM precisa Amar