sábado, 24 de setembro de 2011

Agnosia: Conceito e Classificação

A agnosia (a-gnosis, perda de conhecimento) consiste na deterioração da capacidade para reconhecer ou identificar objectos apesar de manterem a função sensorial intacta. É a perda da capacidade de reconhecer objetos,pessoas,sons,formas. Uma pessoa com agnosia pode, por exemplo, ter acuidade visual normal e não ter capacidde de reconhecer objectos como uma caneta, pessoas familiares ou a sua própria imagem no espelho.

Está normalmente associada a danos cerebrias ou doenças neurológicas, particularmente a lesões do lobo temporal. Pode, no entanto, ser também resultado de uma vida estressante onde a saúde em si é deixada em segundo plano em relação às atividades do dia-a-dia.

A síntese das sensações de forma a constituir percepções conscientes dá-se nas zonas corticais do Sistema Nervoso Central. A anestesia, surdez ou cegueira podem resultar da lesão de um órgão sensorial periférico, do nervo aferente ou da zona cortical do SNC onde se projetam essas sensações determinando o desaparecimento delas.

Nos casos onde estão conservadas a integridade das vias nervosas aferentes e existem lesões corticais na vizinhança da área de projeção, nas chamadas áreas para-sensoriais, mantém-se a integridade das sensações elementares, porém, há alteração do ato perceptivo. Nesses casos, fala-se de Agnosia.

Assim sendo, Agnosia não é uma alteração exclusiva das sensações nem exclusiva da capacidade central de perceber objetos externos, mas uma alteração intermediária entre as sensações e a percepção. Em alguns casos, observa-se a perda da intensidade e da extensão das sensações, permanecendo inalteradas as sensações elementares, em outros há integridade e extensão, mas perda da capacidade de reconhecimento dos objetos.

Agnosia Visual Associativa: O cérebro percebe perfeitamente as formas de um objeto, mas não consegue atribuir um significado à sua imagem. Ex: Uma bola de futebol é apenas uma esfera.

Agnosia Perceptiva: Não consegue perceber direito a forma dos objetos.Para esse cérebro, não há diferença entre um circulo e um quadrado.

Propagnosia: Consegue conhecer objetos, mas é incapaz de diferenciar rostos.Isso porque a face é processada em áreas específicas do cérebro, lesionada nos prosopagnósticos.

Simultagonosia Dorsal: Consegue reconhecer objetos, mas não ao mesmo tempo.Isso impede que se estabeleça uma referência espacial e cognitiva entre duas ou mais coisas.

Simultagnosia Ventral: Consegue ver vários objetos ao mesmo tempo, mas só consegue atribuir significado a um de cada vez.Sua principal dificuldade é na hora de ler, embora consegue escrever bem.

Hemi-InatençãoVisual: Só consegue ver um lado do campo visual, em geral o esquerdo, por causa de lesões no lobo parietal direito.

Fonte:

Wikipédia

Revista Super interessante - Abril 2011

Nenhum comentário: