sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Mudanças de Comportamento na Pessoa Idosa



Causas de Alterações do Comportamento:
  Alterações no cérebro, como é o caso das demências
  Ao uso de medicamentos
  Causas funcionais como no caso de depressão
  Causas psicossociais tais como perdas de familiares,mudanças ou situações conflituosas
* Causas Comuns de Agitação, Irritação e Agressividade:
  Introdução ou suspensão de medicamentos
  Doenças infecciosas, sendo mais frequentes, infecção do trato urinário e pneumonia
  Problemas do coração,como infarto do miocárdio ou arritmia
  Acidente vascular encefálico(derrame)
  Constipação intestinal (fezes endurecidas)
  Desidratação (o idoso sente menos sede)
  Forte batida na cabeça ou quedas nos últimos 90 dias
  Perda de familiares, brigas na família ou mudanças no ambiente
 Alterações no Comportamento também podem estar ligadas à:
  Alterações no cérebro, como no caso das demências
  Ao uso de medicamentos
  Causas funcionais como no caso da depressão
  Causas psicossociais, como perdas, aposentadoria,...
 Como orientar o idoso a lidar com seu tempo livre:
  Estimulá-lo a criar novos projetos
  Reatar laços com antigos amigos
  Participar de atividades para a terceira idade
  Cuidar de sua saúde
   Participar de atividades culturais,grupais,voluntárias,criativas, prazerosas,competitivas, espirituais,sociais, de auto-cuidado,etc...
 Forma negativa do idoso lidar com o tempo livre:
  Exclusão
  Aposentadoria Precária
  Isolamento
  Solidão
  Dependência física
  Doenças
 Demonstrações de Irritação ou Agressividade:
  Sob forma verbal com comentários impróprios, acusações, suspeitas de infidelidade ou furto.
  Atitudes violentas e agressões físicas não são freqüentes em idosos
  É comum o idoso “cuspir” na pessoa mais próxima , seja no momento de administrar a medicação ou na alimentação.
Depressão: É o nome atribuído a um conjunto de alterações comportamentais, emocionais e de pensamento, tais como, afastamento do convívio social, perda de interesse nas atividades profissionais, acadêmicas e lúdicas, perda do prazer nas relações interpessoais, sentimento de culpa ou autodepreciação, baixa estima, desesperança, apetite e sono alterados, sensação de falta de energia e dificuldade de concentração. Tais alterações tornando-se crônicas trazem prejuízos significativos em várias áreas da vida de uma pessoa. Aquele que está deprimido vê o mundo de forma diferente, sente a realidade de forma diferente e manifesta suas emoções de uma forma diferente.
As causas da depressão estão na combinação de fatores filogenéticos, ambientais/históricos (acontecimentos ao longo da vida) e sócio-culturais. Os fatores históricos, também chamados de psicológicos, são de extrema relevância tanto no surgimento da depressão quanto na sua manutenção. Uma história de vida com muitas perdas afetivas, perdas financeiras ou incapacidade de alcançar os objetivos traçados pode criar e cria um “terreno fértil” para a depressão. É importante ressaltar que um estilo de vida que não possibilite experiências agradáveis, conquistas, vitórias pode não só desencadear como manter um quadro de depressão.

Nenhum comentário: