sexta-feira, 29 de agosto de 2008

TDAH - Transtorno do Deficit de Atenção


Transcrevo fragmentos da palestra que ministrei no Colégio Anglo, acreditando que a hiperatidade é um assunto pouco discutido mas muito importante para pais e professores que lidam constantemente com crianças que apresentam esse tipo de transtorno.
O TDAH é um distúrbio neurobiológico que se caracteriza pela alteração da atenção,impulsividade e hiperatividade,tem início na infância e atinge entre 3 à 6 % de todas as crianças em idade escolar.
Os principais sintomas são: dificuldade de manter atenção ou focalizar numa tarefa por muito tempo, extrema agitação e impulsividade.
Pesquisas revelam diferenças significativas na estrutura e funcionamento do cerébro dos portadores de TDAH, principalmente no hemisfério direito do cérebro, no córtex pré-frontal.Embora se fale que ahá maior probabilidade em crianças com mães que abusaram de fumo e álcool na gravidez, está claro que o fator mais importante é a hereditariedade.
Esse transtorno atinge todos os aspectos da vida de uma pessoa:
* Pessoal:Sentimentos de frustração e baixa auto-estima, em função das dificuldades encontradas para desempenhar corretamente as mais diversas atividades.

* Escolar: Dificuldade de aprendizagem, levando a baixo rendimento escolar, repetencia e consequentemente abandono nos estudos.

* Social:Problemas de relacionamento, devido a falta de atenção nas pequenas coisas, falta de "tato", sempre falando muito ou se metendo e interrompendo, incapacidade de acompanhar a dos grupos.

*Profissional:Afalta de organização, a dificuldade de manter o nível de atenção e a persistencia no trabalho, a inquietação e a busca de estímulos variados fazem com que adultos não consigam alcançar boa posição profissional.

O TDAH não desaparece com a idade, há apenas uma modificação na sintomatologia, por exemplo, a hiperatividade tão explícita na criança, aparece no adulto como forma de inquietação interna, um desejo constante de mudanças ou de estímulos cada vez maiores.
Para o tratamento é necessário um procedimento multidisciplinar onde envolva profissionais da área de saúde, pais e educadores.
O aluno com TDAH é criativo, inteligente, multitalentoso, e deseja agradar os adultos que os rodeiam mas é resistente a mudança de ambiente, é pouco tolerante a atividades repetitivas e longas, quando necessita de medicação ara conter o estado de ansiedade, geralmente é ministrado fluoxetina,que inibe a serotonina.
O importante, é não estigmatizar a criança, com adjetivos que não se aplicam ao transtorno, como por exemplo: doença mental, loucura, falta de inteligência, defeito de caráter, preguiça e falta de vontade.
O importante é está pronto a acolher a criança, ouvir o que ela tem a dizer sobre seu comportamento e intolerância para às atividades, ouvir a versão dela quando agride um coleguinha ou faz bagunça na sala.
Conversar com os pais, procurar ajuda psicológica, trazer novos estímulos que prendam sua atenção na sala de aula, como por exemplo: colocar a criança para colaborar com a professora na hora da leitura, mostrando as figuras para a classe, etc...
Mostrar para a criança que ela pode desenvolver métodos que facilitem seus estudos , como por exemplo, se esquece de fazer as tarefas escolares de casa, usar uma agenda onde anote tudo que precisa ser feito, e aprender a consultá-la todos os dias quando voltar da escola, pois aí lembrará das tarefas à fazer.

4 comentários:

Ciça e-promoter disse...

Oii.. estou fazendo uma pesquisa no meu blog e adoraria que você participasse.. vai ser muito importante a colaboração de todos os meus parceiros! Obrigada!

kiko disse...

cara, minha filha tem TDha e a escola esta relutante em aprovar minha filha e dizem por incopetencia, e demonstram ser outra coisa, infelizmente, nao sabem o que fazem.
pergunto tem alguma forma de solicitar a escola a aprovacao, poi sei que será doloroso para minha filha reprovar agora no inicio do tratameto
kiko_ale@ig.com.br

kiko disse...

cara, minha filha tem TDha e a escola esta relutante em aprovar minha filha e dizem por incopetencia, e demonstram ser outra coisa, infelizmente, nao sabem o que fazem.
pergunto tem alguma forma de solicitar a escola a aprovacao, poi sei que será doloroso para minha filha reprovar agora no inicio do tratameto
kiko_ale@ig.com.br

kiko disse...

cara, minha filha tem TDha e a escola esta relutante em aprovar minha filha e dizem por incopetencia, e demonstram ser outra coisa, infelizmente, nao sabem o que fazem.
pergunto tem alguma forma de solicitar a escola a aprovacao, poi sei que será doloroso para minha filha reprovar agora no inicio do tratameto
kiko_ale@ig.com.br