sábado, 30 de julho de 2011

Relacionamentos Interpessoais III


Comunicação Interpessoal:
O processo que torna possível o relacionamento profissional de saúde-cliente é a comunicação, que “É um processo de compreender, compartilhar mensagens enviadas e recebidas” (Stefanelli), é por meio da comunicação vivenciada pelo profissional de saúde e usuário, que o profissional de saúde pode definir metas, objetivos a serem atingidos, para ajudá-lo a sentir-se como ser humano digno e pessoa capaz de encontrar soluções para seus problemas.
Temos que ter cuidado ao estabelecer uma comunicação com nossos pacientes, só estabelecer quando tivermos certo do que queremos dizer, para não ser mal interpretado, pois, a incapacidade de comunicação conduz a sérios problemas tanto o profissional quanto para o cliente, e pode ameaçar sua credibilidade profissional. Além disso, através da comunicação o profissional de saúde cria condições de efetuar mudanças.
O processo de comunicação não é apenas um conjunto de informações que o profissional de saúde memoriza e põe em prática, ao contrario, é um processo complexo que exige emprego inteligente de princípios.
No processo de comunicação existem alguns elementos que são:
- Emissor que é fonte da emissão da mensagem;
- O Receptor ou Destinatário, que recebe a mensagem, que é aquilo que é transmitido.
As formas de comunicação são Verbais, que refere se a linguagem escrita e falada, aos sons e palavras que utilizamos para nos comunicar.
O tom de voz de quem fala pode ter impacto considerável sobre o significado de uma mensagem, uma simples frase pode expressar entusiasmo, preocupação, indiferença e mesmo aborrecimento. As emoções de uma pessoa podem influenciar diretamente seu tom de voz. O profissional de saúde deve ficar alerta sobre suas emoções, só estabelecer uma comunicação com os usuários e seus familiares após estar certo do que quer dizer. Clareza e Brevidade, a comunicação deve ser simples, curta e objetiva.
As comunicações Não Verbais envolvem todas as manifestações de comportamento não expressas por palavras, utilizadas pelo emissor com o propósito de partilhar informações.
O mecanismo de comunicação é:
  • 5% são palavras,
  • 20% entonação,
  • 75%presença, (sinais, símbolos e expressões corporais).
A comunicação deve ser curta e objetiva, devemos respeitar o nível de entendimento do paciente e seus familiares, respeitando a cultura, nível de escolaridade, etc...
A Aparência:
A aparência durante o contato também é muito importante, a primeira observação que se faz é da aparência do profissional.
A aparência do profissional da saúde influência a percepção do paciente quanto aos cuidados recebidos, cada paciente tem uma imagem pré-estabecida de como o profissional de saúde deverá se apresentar.
O tradicional uniforme branco pode ser um símbolo de pureza e limpeza, o uso de enfeites, como bijuterias em excesso pode expressar vulgaridade, unhas muito grandes e barba a fazer pode expressar falta de higiene. Postura e marcha, o modo em que uma pessoa fica ereta e anda é uma forma visível de auto-expressão, e o paciente esta atento a todos esses itens.
Trabalho exige bom senso na hora de se vestir:
Saltos muito altos, decotes exagerados, camisetas. São muitos os erros que profissionais podem cometer na escolha da roupa de trabalho.
As roupas transmitem mensagens, e é preciso cuidar da aparência.
Aquele corte moderno nem sempre é o mais adequado ou confortável para as funções exercidas no dia-a-dia. O mesmo vale para sandálias, sapatos de salto alto ruidosos, e adereços chamativos que dispersam a atenção dos colegas.
"O profissional deve levar em conta que não se veste para si, e sim para seu paciente e seus parceiros de trabalho".
Quem se veste adequadamente demonstra saber a importância que o serviço de saúde dá para a imagem que ele passa. Estar bem-vestido denota que o profissional pode representar bem a empresa, além de demonstrar o valor que dá a si mesmo. Quanto mais o profissional repete um padrão de se vestir, torna-se mais consistente e ganha credibilidade.
* Para não errar em qualquer situação, evite:
- Barriga de fora
- Sapatos de saltos altíssimos
- Chinelos
- Unhas muito compridas
- Excesso de bijuterias ou jóias.
- Calças folgadas
- Roupas desportivas
- Decotes e roupas curtas
- Perfumes fortes
- Roupas transparentes
A imagem que uma pessoa constrói ao longo da sua vida profissional está diretamente relacionada com seu comportamento no ambiente de trabalho.

2 comentários:

Anônimo disse...

You have good points there, so I always check your blog, it looks like you are an expert in this field. keep up the good work, My friend recommends your blog.

My blog:
rachat credit rapide ou Rachat de credit simulation

Lucinalva disse...

Olá Silvia

Ótima reflexão, obrigada pela visita lá no meu blog. Um forte abraço.