sábado, 22 de outubro de 2011

Memória: Conceituação, tipos e amnésias

A memória é a capacidade de adquirir (aquisição), armazenar (consolidação) e recuperar (evocar) informações disponíveis, seja internamente, no cérebro (memória biológica), seja externamente, em dispositivos artificiais (memória artificial).
A memória focaliza coisas específicas, requer grande quantidade de energia mental e deteriora-se com a idade. É um processo que conecta pedaços de memória e conhecimentos a fim de gerar novas idéias, ajudando a tomar decisões diárias.
Os neurocientistas (psiquiatras, psicólogos eneurologistas) distinguem memória declarativa de memória não-declarativa. A memória declarativa, grosso modo, armazena o saber que algo se deu, e a memória não-declarativa o como isto se deu.
A memória declarativa, como o nome sugere, é aquela que pode ser declarada (fatos, nomes, acontecimentos, etc.) e é mais facilmente adquirida, mas também mais rapidamente esquecida. Para abranger os outros animais (que não falam e logo não declaram, mas obviamente lembram), essa memória também é chamada explícita. Memórias explicitas chegam ao nível consciente. Esse sistema de memória está associado com estruturas no lobo temporal medial (ex: hipocampo, amígdala).
Psicólogos distinguem dois tipos de memória declarativa, a memória episódica e a memória semântica. São instâncias da memória episódica as lembranças de acontecimentos específicos. São instâncias da memória semântica as lembranças de aspectos gerais.
Já a memória não-declarativa, também chamada de implícita ou procedural, inclui procedimentos motores (como andar de bicicleta, desenhar com precisão ou quando nos distraímos e vamos no "piloto automático" quando dirigimos). Essa memória depende dos gânglios basais (incluindo o corpo estriado) e não atinge o nível de consciência. Ela em geral requer mais tempo para ser adquirida, mas é bastante duradoura.
Memória, segundo diversos estudiosos, é a base do conhecimento. Como tal, deve ser trabalhada e estimulada. É através dela que damos significado ao cotidiano e acumulamos experiências para utilizar durante a vida.

Amnésias:
Síndrome de Korsakoff: Decorrente do alcolismo, seu portador não consegue reter novos acontecimentos.
Traumática: Quem sofre trauma no crânio pode esquecer o que ocorreu logo antes oudepois do acidente.Quanto maior for o trauma, mas prolongada será a amnésia.
Amnésia Global: Não se retém informações novas nem antigas.Ocorre em demências, traumas muito graves e intoxicações por monóxido de carbono.
Amnésia Global Transitória: Dura apenas algumas horas, e a recuperação é quase total.A causa não está ainda estabelecida.
Amnésia Psicogênica: É temporária e ocorre devido a traumas psicológicos.Pode ser tanto anterógrada como retrógrada. Raramente há perda permanente de trechos de sua vida.

Nenhum comentário: