sexta-feira, 24 de junho de 2016

A importancia do Ser e não do Ter

Hoje observamos pessoas influenciadas a ter muito e cada vez, como já falei aqui em posts anteriores, esquecer de estar com o outro então estão cada vez mais se isolando, se limitando a ter mais do que ser, e ser no sentido de interagir com outras pessoas, fotos de várias formas para exibir nas redes, mas na verdade estão sozinhas.
E o interessante agora é, que vem uma inversão de valores muito boa, por sinal, onde algumas pessoas percebem que o melhor da vida na verdade é está interagindo com o outro, pais que se preocupam em está mais tempo com filhos, pelo menos uma minoria está acordando para essa realidade, filhos que procuram visitar seus pais, comunhão de amigos que não se viam há algum tempo.
E isso é ótimo!
Pois, qualidade de vida não é ter coisas é ter tempo, é ter qualidade de vida.
Onde o que importa é o tempo e não o espaço para as coisas que eu acumulo.
Hoje o que realmente deveria importar é fazer o que se gosta, está com aamigos, familiares, construir novas relaçãoes resgatar antiagas, quando essas valem a pena.
Então eu tenho a combinação de um presente agradável com um futuro desejável, pois saímos da cultura do consumir para a cultura do cuidar.
A cultura do cuidar do outro, da saúde, da educação, do patrimônio, da via em geral.

Nenhum comentário: